Poupança

Dia Mundial da Poupança: 7 dicas que o vão fazer poupar dinheiro

Se não sabe como começar, analise as suas contas, reveja as prioridades e siga as dicas de poupança que o Doutor Finanças preparou.

Poupança

Dia Mundial da Poupança: 7 dicas que o vão fazer poupar dinheiro

Se não sabe como começar, analise as suas contas, reveja as prioridades e siga as dicas de poupança que o Doutor Finanças preparou.

Se tem filhos, seguramente já lhes ofereceu um mealheiro e explicou a importância da poupança. E o seu mealheiro? Tem por hábito poupar? Não interessa se são 10 euros por mês ou 100 euros, o importante é ter o hábito. Acredite, se seguir algumas destas dicas de poupança, vai conseguir gerir melhor o dia a dia e possíveis imprevistos no futuro!

1 - Começar a poupança? Pague-se a si mesmo

A melhor estratégia de poupança é, mal recebe o salário, pagar-se a si mesmo. O que é isto? É encarar a poupança como uma prioridade, um investimento e não tentar poupar algum dinheiro que sobra e que acaba por "competir” com atividades de lazer, compras de última hora, etc. A fórmula não é nova, mas é muito eficaz: o “pai” é Geoge Clarson, que lançou o livro “O homem mais rico da Babilónia”, na década de 1920.

A maioria das instituições bancárias já têm forma de o fazer automaticamente, através de entregas programadas, por exemplo, ou arredondamentos que vão diretamente para a sua conta bancária. Fale com o seu banco e escolha a solução que melhor lhe serve. Assim é como se o dinheiro nem fizesse parte do seu saldo, e não conta com ele. Se começar com 25 euros, por exemplo, ao final do ano poupou 300 euros. 

Pode ainda estender a técnica ao reembolso do IRS e subsídios de Natal e férias, aproveitando para engordar a sua poupança.

Leia mais: Como poupar no gás sem grandes sacrifícios nas suas rotinas

2- Aposte na economia doméstica

Se para si fazer poupança é difícil e não costuma ter grande controlo sobre os seus gastos, experimente registar todas as despesas e rapidamente vai perceber que pode poupar algum dinheiro com algumas mudanças de hábitos. Se tem por hábito fazer refeições fora de casa (pequeno-almoço, almoço), experimente começar a tomar apenas o café fora de casa e, no caso do almoço, levar marmita para o trabalho. vai conseguir poupar imenso dinheiro.

Imagine que costuma gastar 3 euros por pequeno-almoço e 7 euros para almoçar fora, aos dias de semana. São 10 euros por dia, 50 euros por semana. Ao final do mês, poupará 200 euros. Obviamente que nem tudo é poupança, já que terá de comprar e confecionar as refeições. Ainda assim, será uma poupança considerável. Aproveite e aposte em comprar uma máquina de café!

Faça uma lista cada vez que vai ao supermercado e, se possível, agende uma compra mensal. Isso irá evitar distrações de coisas supérfluas e rentabilizar melhor as promoções. Não se esqueça de utilizar os cartões dos supermercados, que muitas vezes acumulam descontos ou dinheiro em cartão.

Em casa, tente sensibilizar a família para a importância de apagar luzes, poupar água e prefira as tarefas domésticas mais consumidoras de energia em horários com desconto. O ambiente agradece e a carteira também.

Leia ainda: Quanto tem de poupar para ter um bom pé-de-meia?

3 - Serviços: reveja contratos e subscrições

Seja nos contratos de energia ou telecomunicações, muitas vezes acabamos por estar a pagar por serviços dos quais não necessitamos ou nem sequer usufruímos. Por isso, o melhor mesmo é analisar esses contratos, fazer contas e ver o que a concorrência oferece. 

Aproveite para reduzir serviços: será que precisa mesmo desta quantidade de canais de TV? E dessa quantidade de dados? A redução dos serviços, por norma, já faz baixar a fatura. No caso da energia, é comparar as várias operadoras e escolher o que é mais vantajoso.

Também é muito comum ter várias subscrições que muitas vezes são pagas através de cartão de crédito ou paypal e, por vezes, até já nem são usadas. Verifique se tem débitos deste género e cancele o que já não usa.

Leia mais: Crie uma poupança automática

4 - Evite comprar a crédito ou por impulso

O recurso ao crédito é, por vezes, necessário, já que permite comprar produtos que, de outra forma, teríamos de esperar para adquirir. No entanto, esta facilidade faz com que muitos acabem por comprar mais e mais caro do que realmente necessitam e, por vezes, do que nem sequer precisam. 

A regra deve ser: compre a crédito o que é absolutamente necessário e verifique bem quais as condições desse crédito. No caso dos eletrodomésticos, por exemplo, muitas vezes há a opção de fracionar o pagamento sem juros, já que os prazos de pagamento são curtos. Faça as contas e opte por pagar no menor tempo possível. No caso do crédito automóvel, por exemplo, faz bastante diferença pagar um carro a 3 anos ou a 5, por exemplo.

Tente livrar-se dos cartões de crédito, já que acaba por ficar com a percepção (errada) de que dispõe de mais dinheiro do que realmente tem. Muitas vezes acabam por ser o suporte das compras por impulso. Se é o seu caso, fica uma dica que pode evitar algumas dessas compras: caso veja algo que quer muito comprar, saia da loja, espere pelo menos um dia e aproveite para refletir se precisa mesmo de comprar aquele produto ou serviço.

Leia mais: 7 mudanças no estilo de vida para aumentar as suas poupanças

Criança com porquinho mealheiro nas mãos a aprender decisões financeiras

5 - Arranje um mealheiro. Ou vários!

Quer melhor forma de conseguir poupar um pouco todos os dias? Há quem use o mealheiro para colocar as moedas de valor mais baixo que tem na carteira ao final do dia, há quem faça precisamente o contrário e coloque as moedas de mais valor. Seja qual for a estratégia, no final do mês já verá resultados.

Também pode arranjar vários mealheiros com propósito específico e envolver toda a família: um mealheiro para as férias, outro para despesas imprevistas, por exemplo. Uma dica: se tem medo de ceder à tentação e ir contando e/ou gastando, compre um mealheiro que não dê para abrir, vai ter de esperar que encha para saber quanto amealhou!

Leia ainda: Desafios de poupança: Descubra quais são os mais populares e se são boas soluções para aumentar a sua poupança

6 - Pondere comprar (e vender) em segunda-mão

Seja brinquedos, roupa, eletrodomésticos, viaturas, o que quer que necessite irá seguramente conseguir comprar usado e em bom estado. Poderá conseguir fazer bons negócios e até desfazer-se de coisas de que já não necessita e ainda receber por isso! Experimente plataformas como o Marketplace (Facebook), o OLX ou o custoJusto e, se encontrar algo que lhe agrade, faça uma oferta e negoceie.

No entanto, lembre-se que também nestas plataformas há fraudes e burlas, por isso nunca dê os seus códigos de MBWay e nunca faça compras de valor avultado por transferência bancária, pode ficar sem o produto e sem o dinheiro.

Leia ainda: 5 Dicas para incutir boas práticas de poupança nas crianças

7 - Reveja seguros e renegoceie créditos

No caso dos seguros, analise franquias e verifique se tem alguma duplicação das coberturas. Se for o caso, cancele. A revisão das apólices dos seguros é essencial para conseguir poupanças. A seguir, peça simulações e contrate apenas o que necessita, mas não se esqueça, antes de decidir leia as letras pequenas. Considere colocar todos os seguros na mesma empresa, muitas vezes há descontos. 

Se tem créditos, nomeadamente à habitação, não se esqueça que pode a qualquer altura tentar melhorar as condições do empréstimo, seja naquela ou noutra instituição financeira.

A transferência de crédito é uma das opções à disposição das famílias caso as condições oferecidas pelo seu banco não forem satisfatórias.

Outra possibilidade, no caso de se ter vários créditos, é fazer uma consolidação. Ou seja, juntar todos os créditos num só pode permitir poupanças bastante significativas, ajudando a reequilibrar as contas.

Leia ainda: 8 dicas de poupança com a saúde que deve considerar

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #dia mundial da poupança,
  • #dicas para poupar,
  • #mealheiro
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Um comentário em “Dia Mundial da Poupança: 7 dicas que o vão fazer poupar dinheiro
Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.