Poupança

9 formas de poupar nas viagens de avião

Daniela Gonçalves Daniela Gonçalves , 9 Maio 2019

As viagens de avião ainda são uma importante fatia do orçamento de férias, apesar da oferta low cost ser cada vez maior. Se ainda não tem planeadas as férias deste ano e pretende viajar para fora do país, este artigo pode ser uma boa ajuda. O Doutor Finanças apresenta-lhe 9 formas de poupar nas viagens de avião: 

Comprar com antecedência

Esta é a dica mais previsível de todas. A verdade é que o planeamento com antecedência é daqueles conselhos aplicáveis em todas as questões de poupança. Pois bem, no que toca a viagens de avião não é diferente.  

Mas esta antecedência é quantificável. De acordo com o Estudo Anual de Voos feito pela Momondo, é possível poupar até 28% se o voo for comprado com 56 dias de antecedência. Estes são valores referência para voos com tarifas regulares. Claro que há sempre a possibilidade de promoções pontuais ou voos de última hora. Mas esses casos, veremos mais à frente.

Leia ainda: 3 dicas simples para poupar nas férias

Consultar comparadores

Não é regra (e por isso é que é importante consultar várias fontes), mas pode acontecer que os comparadores ofereçam tarifas mais competitivas que as próprias companhias aéreas. Por isso, quando estiver a pesquisar as informações sobre o voo que pretende apanhar, consulte em vários sites. Os agregadores mais utilizados pelos viajantes são o MomondoSkyscannerDohopVayama ou Google Flights. Alguns deles permitem, inclusive, simular a ida a partir de um destino e o regresso para um destino diferente.

Em alguns destes websites podem ser cobradas taxas, que são somadas posteriormente, ao valor inicialmente indicado. Não se deixe levar pelo primeiro impulso, confirme sempre o valor final.  

Crie alertas: na maioria destes comparadores é possível criar alertas de subida ao descida de preço. Identifique dois ou três voos que lhe interessam e peça que seja enviada uma notificação sempre que o preço variar, desta forma poderá analisar a evolução e optar pelo voo que mais lhe convém.

Estar atento às companhias

Várias vezes ao ano as companhias aéreas levam a cabo campanhas de redução de preço nos voos. Para estar sempre a par das novidades, subscreva as newsletters das empresas aéreas que mais lhe interessam. Será dos primeiros a saber caso haja alguma promoção, uma vez que é do interesse das companhias aéreas captar a sua atenção e conquistar a sua compra.

Ter flexibilidade nas datas

Os preços dos voos podem aumentar ou diminuir de um dia para o outro. Por isso, de forma a conseguir sempre o melhor negócio, deve ter alguma flexibilidade nas datas. Viajar em fins de semana e feriados é sempre mais caro do que nos restantes dias. A Momondo indica que as viagens de avião feitas à terça-feira são mais baratas em cerca de 11%. Viajar da parte da tarde pode ainda reduzir o valor do bilhete em 5%, comparativamente com outras alturas do dia.

Fazer escalas

Se à flexibilidade temporal conseguir aliar a flexibilidade espacial, perfeito: certamente que fará uma compra de passagens aéreas a um preço muito mais favorável. Quando falamos em flexibilidade espacial referimo-nos às escalas. Ou seja, em vez de fazer o voo direto, troca de voo numa outra cidade antes de chegar ao seu destino. Se a escala for de algumas horas pode aproveitar para conhecer mais uma cidade.  

Simule também a chegada ou a partida em aeroportos secundários: isso pode baixar o valor do bilhete substancialmente. Existem metrópoles com mais do que uma infraestrutura e ao optar pela principal, pode pagar mais por isso. Simule as condições (horários e preços) de outros meios de transporte que servem o aeroporto secundário e analise se compensa.  

Esta mecânica aplica-se também em países mais pequenos, como Portugal. Simule sempre a viagem a sair do Aeroporto do Porto e de Lisboa. Em muitos casos a diferença de valor compensa viajar de comboio até à outra cidade e voar a partir dali.

aeroporto

Acumular milhas

Se viaja com frequência, esta pode ser uma boa prática para poupar nos bilhetes de avião. Companhias como a TAP têm programas que, para fidelizar clientes, permitem reduzir os preços em troca de determinado número de milhas. Para isso, deve acumulá-las com várias viagens. Mas, se já o faz com frequência, não estará a perder nada. É de aproveitar.

Aproveitar promoções de última hora

Esta é uma dica especial para viajantes aventureiros (ou para quem deixa o destino de férias por decidir até à última - o que, regra geral, não é uma boa prática de poupança).

Muitas vezes as companhias vêem as lotações dos seus voos abaixo dos 100%. Para rentabilizar, lançam, com poucas horas de antecedências, bilhetes a preço da chuva, com o objetivo de preencher os lugares vazios, que de outra forma não trariam nenhum lucro. Para os viajantes mais aventureiros, são oportunidades fabulosas para poupar nas viagens de avião e conhecer mundo a preços muito simpáticos. Existem aplicações destinadas a detetar este tipo de oportunidades, como é o caso do Last Minute Travel ou o Secret Scapes.

Tenha em atenção que, apesar de poder poupar bastante nos bilhetes de avião com esta prática, pode sair prejudicado no que toca ao valor do alojamento no destino, por não ter reservado com antecedência. Pondere bem esta hipótese antes de comprar as viagens. Se acabar mesmo por aderir às “oportunidades de última hora”, garanta que tem a mala mais ou menos pronta e o sentido prático muito desperto.

Minimalismo

No momento de escolher o seu voo, os preços podem disparar por causa dos suplementos, taxas, seguros e bagagem. Se pretende mesmo poupar nas viagens de avião, procure minimizar o volume da sua bagagem. Se for uma “escapadinha”, pode até nem justificar levar malas no porão. Antes de comprar o bilhete, leia com cuidado as políticas de bagagem da companhia em questão. Também nestas situações uma filosofia minimalista pode ajudá-lo a poupar alguns euros.

Dica “ninja”: pesquisar em modo anónimo

Os websites de reserva de voos (e todos os outros, na verdade) utilizam os famosos cookies, cuja função é ler o IP do dispositivo em que está a consultar o website e enviar para o servidor informações sobre as ações dos utilizadores dentro da plataforma. Desta forma, conseguem detetar o interesse de cada utilizador e manipular (subir) os preços numa próxima pesquisa pelo mesmo voo. Para evitar esta espécie de especulação, faça a pesquisa em modo anónimo ou limpe a cache do browser antes de pesquisar novamente pelo voo que lhe interessa. 

Agora que já completamos as 9 dicas mais importantes para conseguir poupar nas suas viagens de avião, está a pensar que este é um processo que envolve alguma persistência e paciência, certo? Mas não desanime, o Doutor Finanças garante que vale a pena o esforço!
Boas viagens!  🙂

Leia ainda: Créditos: ganhe uma folga no orçamento para as suas férias

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #poupança,
  • #viagens baratas,
  • #viagens económicas

Deixar uma resposta

4 comentários em “9 formas de poupar nas viagens de avião